sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Atividade - Chris (DeLima) e a Oficina de Rima

Postado por Chris (DeLima)
www.myspace. com/delimalaco


O mês Outubro começou bem para a militância do Cojune, o primeiro trabalho foi no colegio Vicente Rijio.
A professora Leila de história foi a pessoa que acompanhou as oficinas de história do hip-hop e oficinas de rimas, essa mesma professora permitiu que no horario de sua aula fosse realizado esse trabalho que se perdurou por 3 dias ( 01 ao 03 de outubro de 2xx7).
O primeiro dia a oficina começou com uma palestra da história do hip-hop, o movimento no Brasil como criamos identidade e aprendemos a valorizar o proximo atraves do movimento, foi também discutido que o movimento serve para o proprio individuo negro conte sua história e que o mesmo reivindica o que sua comunidade precisa, ouve também uma discução sobre o cabelo do negro onde uma garota negra mas com seus traços puxados um tanto pro do europeu com o seu cabelo liso ondulado afirmou: "Graças a Deus eu não nasci com o cabelo ruim que nem o da minha amiga", revertendo a situação consientizei a irmã que o seu cabelo não era melhor e o cbelo de sua amiga não é ruim é crespo e também expliquei porque o seu cabelo era liso ondulado, (eu nem sei se é assim que se fala do cabela dela) as discuções continuaram e o sinal tocou.....
O segundo dia passei algumas atividades para os alunos. A principal atividade foi estimular a leitura e a critica propondo para eles que escreverem um RAP com o tema livre, rapidamente eles se organizaram em grupos de tres e em duplas e começaram a desinvolver o trabalho, aos poucos foram saindo as frases e o tema foi a indignação de todos as desigualdades social e racial. levei um cd de instrumental e ao mesmo tempo que os alunos terminavam se apresentavam com a instrumental de seu gosto. Alguns grupos foram formados depois dessa oficina, que realmente se destacaram foram as meninas e uma japonesa que destruiu pois ela rimava muito bem certissimo dentro da batida fiquei empressionado com a sua força e suas palavras que saiam de sua boca com eloquênciatrabalhou a questão racial de uma forma incrivel, não me recordo o seu nome mas ela é rimadora nata, tem o dom. Outro que se destacou foi um menino que falou sobre a questão social, sobre a exploração do trabalho infantil, do capitalismo, ded sua luta no dia a dia e ainda sobrou tempo pra falar da namorada. Essas crianças que citei são da sexta série e certamente será um grande elo na corrente do movimento.
O terceiro e ultimo dia foi bem produivoalgumas apresentaçoes do dia anterior. Logo depois passei um trecho do dvd dos Racionais Mc`s com a música Negro Drama, depois discutimos a letra da música e muitos ainda escutavam o som só que não interpretavam a história e não enxergavam a afirmação que a letra nos passa. Virou um pequeno debate logo em seguida passei um documentario que também se encontra no dvd dos Racionais Mc`s, o documentario fala sobre o surgimento da periferia e o surgimento dos bailes blacks e do hip hop no brasil foi bem legal que os alunos se prenderam no assunto fizaram uma serie de perguntas e assim obtive bons resultados com os alunos e credibilidade com a diretoria do colégio e com a professora que permitiu que suas aulas fosse direcionada para o assunto.

3 comentários:

Elemento disse...

É isso aí rapaziada, continuem neste caminho. O Brasil precisa de jovens negros/as como vocês!!!

Muito Axé!!!

Salve!!!

welliton disse...

Salve salve Familia CONJUNE, muita paz e força na caminhada.

CANBECK disse...

hora de atualizar rapaziada.
abrzz